Teo Costa AVCB
Empresas Venderem Google Licitações Ligações AVCB
Fazemos Empresas Venderem via
Google, Licitações e Ligações e ++

COMO TESTAR ALARMES DE INCÊNDIO

Com que frequência seu alarme de incêndio deve ser testado?

Um alarme de incêndio deve ser testado semanalmente nos sistemas de detecção e alarme de incêndio para edifícios. É um procedimento simples, mas necessário para verificar se está funcionando corretamente para otimizar a segurança contra incêndio.

É importante saber onde está localizado o painel de alarme e familiarizar-se com ele, para saber que está funcionando corretamente para garantir a detecção em caso de incêndio.

Além disso, uma inspeção aprofundada do sistema de alarme de incêndio deve ser realizada a cada 6 meses, geralmente realizada por uma empresa de engenharia de alarme de incêndio.

Tipos de sistemas de alarme de incêndio

Existem dois tipos de sistemas de alarme de incêndio, manuais e automáticos. Ambos os tipos operam com o mesmo princípio, como detectores de calor ou fumaça que são acionados manual ou automaticamente.

Um exemplo de instalação manual de alarme de incêndio é uma série de unidades de vidro quebrado, que são instaladas em cada ponto de saída de um edifício. Isso permite que aqueles que escapam de um incêndio dêem o alarme.

Um alarme automático de incêndio detecta incêndio monitorando mudanças ambientais como calor, fumaça e dióxido de carbono (dependendo do tipo de incêndio). Essas mudanças no ambiente iniciam automaticamente o alarme.

Como deve ser realizado um teste de alarme de incêndio?

  • Leia as instruções do fabricante
  • Informe a equipe quando você planeja realizar o teste
  • Faça o teste no mesmo horário todas as semanas
  • Certifique-se de que se o alarme de incêndio estiver ligado a uma CRA (Central Receptora de Alarmes), ligue para a CRA e coloque o sistema em ‘teste’
  • Certifique-se de ter uma chave de reinicialização do acionador manual (isto é para redefinir o acionador manual depois de ativá-lo
  • Registre o teste e qual zona e acionador foram testados
  • Contactar a CRA (Central Receptora de Alarmes) e confirmar que recebeu o sinal de incêndio e retirar o sistema de ‘teste’
  • Vá para um ponto de chamada manual e ative-o
  • Os sons do alarme começam
  • Insira a chave de redefinição do acionador manual e reinicie o acionador manual
  • Retorne ao painel de controle de alarme de incêndio e confirme se o endereço do ponto de chamada manual ativado e a zona estão corretos
  • Se estiver ok – silencie o alarme e reinicie o painel de controle do alarme de incêndio
  • Um ponto de chamada diferente deve ser testado a cada semana

Manutenção de alarme de incêndio

A pessoa responsável (como administrador de propriedade, guarda de incêndio, etc.) de um edifício tem a obrigação legal de serviço regular e manutenção do alarme de incêndio.

Isto deve ser feito por um especialista competente (aprovado pelo BAFE SP203-1) e crucial para garantir a eficiência e longevidade de um sistema de alarme de incêndio.

Os testes semanais e as visitas de serviço devem ser registrados em um diário de bordo.

Como os testes de alarme de incêndio devem ser registrados?

O diário de alarme de incêndio é onde todas as manutenções, testes e reparos podem ser registrados. Deve ser sempre mantido no local, de preferência próximo ao painel de controle de incêndio. E sempre disponível para inspeção pelo FRS.

O diário de bordo precisa atender aos requisitos da BS5839 parte um e da RRFSO.

Deve incluir:

  • Datas e horários dos alarmes (genuínos e práticos)
  • Datas, horários e tipos de falhas e que medidas foram tomadas
  • Datas de testes do sistema
  • Datas de serviço
  • Datas e horários de desconexão
  • Qualquer alteração no sistema

Prevenção de falsos alarmes

A maioria dos sinais de alarmes automáticos de incêndio não são realmente incêndios. Eles testam fumaça, calor e mudanças no ambiente, mas isso também significa que detectam outros elementos, como vapor, fumaça de cigarro e sprays aerossóis.

Os alarmes falsos são perigosos porque as equipas de bombeiros devem estar em emergências reais, os alarmes falsos frequentes fazem com que o pessoal se torne complacente e constituem um risco desnecessário para o público.

Como reduzir alarmes falsos:

  • Certifique-se de que o alarme de incêndio seja do tipo certo para o edifício
  • Certifique-se de que o sistema de alarme seja mantido de forma adequada e regular e em boas condições de funcionamento
  • Investigue todos os alarmes falsos e tome as medidas apropriadas
  • Introduzir um processo de filtragem adequado – um meio de investigar com segurança por que o alarme de incêndio disparou ANTES de chamar os bombeiros.

Erros comuns ao testar semanalmente alarmes de incêndio

  • Não ter a chave ou código de reinicialização do painel de controle de alarme de incêndio ao testar um acionador manual
  • Não testar um ponto de chamada diferente a cada semana
  • Não documentar o teste no livro de registro de alarme de incêndio
  • Esquecendo de remover a chave de teste
  • Usando apenas o botão ‘evacuar’ no painel de controle principal como forma de acionar o alarme
  • Não ter baterias de reserva

Fontes:

Alarme de Incêndio | PPCI em Porto Alegre

wordpress.comhttps://ppciportoalegre.wordpress.com › alarme-de-ince…

Central de alarme de incêndio, Sensor, Detector de Fumaça, Acionador de Incêndio, Iluminação de Emergência, Projeto PPCI, Atende: POA, Canoas, Viamão, …

ALARME INCÊNDIO – Alarme NH

wordpress.comhttps://alarmenovohamburgo.wordpress.com › alarme-i…

site:wordpress.com alarmes de incêndio de alarmenovohamburgo.wordpress.com

ALARME INCÊNDIO · Instalação de · Central de incêndio, · Acionador de incendio, · Detector de fumaça, · sensor de fumaça, · Instalação de Alarme Residencial, …

INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº_ 19-2011 Sistema de detecção …

wordpress.comhttps://dstcbmam.files.wordpress.com › 2018/06

PDF

Esta Instrução Técnica aplica-se a todas as edificações ou áreas de riscos onde se exigem os sistemas de detecção e alarme de incêndio, conforme Decreto …

Sistema de detecção e alarme de incêndio

wordpress.comhttps://soluesindustriais.wordpress.com › 2016/07/18

18 de jul. de 2016 — O sistema de detecção e alarme de incêndio é um importante método preventivo em casos de incêndio. Esse sistema é responsável por emitir um …

Sistemas de detecção de incêndio Convencional ou …

wordpress.comhttps://marcussalesconsultoria.wordpress.com › sistemas…

11 de jan. de 2013 — Existem, basicamente, dois tipos de Sistemas de Detecção e Alarme de Incêndios: Sistemas Convencionais e Sistemas Endereçáveis. Para entendermos …

Central de Alarme de Incêndio FPD-7024

wordpress.comhttps://marcussalesconsultoria.files.wordpress.com › …

PDF

As Centrais de Alarme de Incêndio FPD-7024 podem ser utilizadas em diversas aplicações como edifícios comerciais e públicos, escolas, universidades, plantas.

Detecção e alarme são essenciais para evitar tragédias, mas …

wordpress.comhttps://qualidadeonline.wordpress.com › 2013/01/14

14 de jan. de 2013 — A ABNT ISO/TR 7240-14 – 01/2009 – Sistemas de detecção e alarme de incêndio – Parte 14: Diretrizes para esboçar códigos de prática para projeto, …

AULA 06 – SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO

wordpress.comhttps://philipepradoengenharia.files.wordpress.com › …

PDF

Proteção Ativa Fixa: hidrantes, mangotinhos, sprinklers, detecção de fumaça e fogo, alarme de incêndio, sinalização de emergência, iluminação de emergência, …

BS 9251: os sistemas de extinção de incêndios para uso …

wordpress.comhttps://qualidadeonline.wordpress.com › 2021/07/28

28 de jul. de 2021 — … incêndio em um estágio inicial de desenvolvimento e ativar um alarme. A operação do sistema de sprinklers reduz rapidamente a taxa de …

segurança contra incêndio nas edificações e áreas de risco

wordpress.comhttps://wandersonmonteiro.files.wordpress.com › …

aparelhos extintores, sistema de hidrantes, sistema de chuveiros automáticos, sistema de alarme e detecção, sistema de iluminação de emergência, sinalização dos …