Empresa especializada em inspecoes remotas programadas, e Alvara do Bombeiro São Paulo - SP Teo Costa

Apresentamos nossas soluções em segurança contra incêndio e pânico da safety. Somos uma empresa especializada e a única no mercado que atende todos os Estados da Brasil no assunto: AVCB, Treinamento de Brigada, Plano Emergencial PPCI dos Bombeiros, Licenciamento, Alvará dos Bombeiros e Projeto Técnico. Já estamos em 17 estados e escritorios em São Paulo, Espirito Santo, Minas Gerais e Santa Catarina.

Nosso time é composto por um colegiado técnico de alto padrão, envolvendo 09 Coronéis da reserva do Corpo de Bombeiros, com mais de 30 anos de experiência, somados a um time de 22 engenheiros especialistas com pós-graduação na área.

O que oferecemos:

>O que é o Via Fácil Bombeiros São Paulo? - Teo Costa - Tecnologia e Soluções Corporativas em Segurança Contra Incêndio Pesquisa de Satisfação Teo Costa – Tecnologia e Soluções Corporativas em Segurança Contra Incêndio Pesquisa de Satisfação inspecoes remotas programadas São Paulo - SP Barra Funda Teo Costa. Garantimos a aprovação e licenciamento junto ao Corpo de Bombeiros, oferecendo a melhor relação custo-benefício do mercado sem comprometer a qualidade e a segurança para sua empresa.

Não hesite em entrar em contato conosco ou acesse nosso site para conhecer mais sobre como nossa equipe pode proporcionar a melhor solução em segurança contra incêndio para sua empresa.

1- Qual é o propósito do Via Fácil Bombeiros?
O Via Fácil Bombeiros representa um sistema automatizado destinado a uniformizar, aprimorar a administração e elevar o padrão do Serviço de Segurança contra Incêndio oferecido pelo Corpo de Bombeiros. Através desse sistema, os interessados têm a possibilidade de requerer pela internet a regularização de suas construções, quitar as taxas aplicáveis, gerar os relatórios de avaliação/vistoria e monitorar o progresso dos serviços prestados pelo Corpo de Bombeiros, na área de segurança contra incêndio, sem precisar sair de suas residências ou locais de trabalho. Para obter mais informações detalhadas sobre o procedimento de regularização junto ao Corpo de Bombeiros, visando à obtenção do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), consulte o link “regularize sua edificação” e consulte o manual do usuário do Via Fácil Bombeiros.

2- É mandatório realizar a solicitação de regularização por meio do Via Fácil Bombeiros?
Sim, desde 27 de agosto de 2013, todas as solicitações devem ser realizadas através do portal do sistema Via Fácil Bombeiros. Para esclarecimentos adicionais sobre o processo de regularização junto ao Corpo de Bombeiros, visando à obtenção do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), acesse o link “regularize sua edificação” e leia o manual do usuário do Via Fácil Bombeiros. Em caso de dificuldades para efetuar sua solicitação, verifique se sua dúvida não está coberta por uma das perguntas frequentes. O Corpo de Bombeiros também oferece atendimento técnico presencial em todas as seções de atividades técnicas. Consulte o endereço e o telefone do quartel mais próximo de sua localidade no link “regularize sua edificação”.

3- Estou enfrentando problemas ao tentar realizar o cadastro, devido a uma mensagem informando que já existe um cadastro para o CPF/CNPJ fornecido.
Esse problema surge porque o sistema aceita apenas um único cadastro associado a cada CPF ou CNPJ. Nesse caso, é possível que outra pessoa da empresa tenha realizado o cadastro sob esse CNPJ. Uma solução seria compartilhar o acesso ao Portal com outros usuários da empresa, compartilhando a senha, ou cada usuário da empresa deverá efetuar o cadastro com seu CPF individualmente. Se não recebeu o e-mail de confirmação, confira a solução na pergunta número 4. Se o problema persistir mesmo após essas medidas, é necessário entrar em contato com o Serviço de Segurança contra Incêndio em sua região. Consulte o endereço e telefone do quartel mais próximo de sua localidade no link “regularize sua edificação”.

4- Não recebi o e-mail de confirmação do cadastro.
Quando inseri o e-mail erroneamente e tentei corrigi-lo, recebi uma mensagem indicando que já há um cadastro associado ao CPF/CNPJ fornecido. Isso impede que eu corrija o e-mail diretamente, pois o sistema reconhece o CPF/CNPJ como já cadastrado. Para resolver essa questão, é necessário contatar o Serviço de Segurança contra Incêndio da sua região e solicitar a correção do cadastro junto ao Corpo de Bombeiros. Para encontrar o endereço e telefone do quartel mais próximo à sua localidade, consulte as “Instruções para regularização” no link correspondente.

O e-mail de confirmação é uma etapa importante após o cadastro. Ele serve para confirmar que o endereço de e-mail está correto e válido. Se você não recebeu o e-mail de confirmação, considere as seguintes possibilidades:

  1. Bloqueio de Pop-up ou Spam: Verifique se o e-mail de confirmação foi direcionado para a pasta de spam ou lixo eletrônico. Às vezes, filtros de e-mail podem classificar mensagens automáticas como spam.
  2. Endereço de E-mail Incorreto: Certifique-se de que o e-mail cadastrado esteja correto. Caso tenha registrado o e-mail errado, entre em contato com o Serviço de Segurança contra Incêndio de sua região para retificar o cadastro no Corpo de Bombeiros.
  3. CPF/CNPJ Já Cadastrado: Se o sistema informou que o CPF/CNPJ já está cadastrado, não é possível corrigir o e-mail diretamente. Nesse caso, siga a orientação acima para retificar o cadastro.

6- Não consigo localizar o endereço da minha rua no sistema.
O usuário pode realizar pesquisas pelo nome completo ou parcial da rua quantas vezes forem necessárias. Se o sistema não encontrar o endereço exato da edificação, é necessário cadastrar um logradouro próximo que esteja presente no sistema, clicando no botão “Logradouro Próximo”, na página de consulta de logradouros. Ao buscar logradouros próximos, é recomendado priorizar aqueles do mesmo bairro. Caso não encontre nenhum logradouro próximo no mesmo bairro, deve-se indicar outro logradouro existente no mesmo município. Após selecionar um logradouro próximo, o sistema abrirá o formulário com o campo editável para preenchimento do endereço exato.

7- O sistema indica que há um processo em andamento para o número de Projeto cadastrado.
Não é possível protocolar novas solicitações se já houver um processo de análise, vistoria, FAT ou Comissão Técnica em andamento. É necessário aguardar a conclusão desses processos para fazer uma nova solicitação. Pode ocorrer também que outro usuário já tenha feito uma solicitação para o mesmo Projeto, ou que um usuário tenha cadastrado erroneamente esse número de Projeto. Nesse caso, é necessário entrar em contato com o Serviço de Segurança contra Incêndio de sua região. Consulte o endereço e telefone de contato do quartel mais próximo de sua localidade no link “regularize sua edificação”.

8- Sou proprietário ou responsável técnico, mas não fui eu quem solicitou a primeira análise ou vistoria no Via Fácil Bombeiros. Posso solicitar uma nova análise ou vistoria?
Qualquer pessoa pode solicitar uma nova análise ou vistoria, desde que informe o número do Projeto Técnico registrado no sistema. É importante ressaltar que as solicitações são visíveis apenas para os usuários que as fizeram, ou seja, o resultado da primeira solicitação só é acessível pelo respectivo solicitante. Para ter acesso ao resultado de uma solicitação feita por outra pessoa, é necessário entrar em contato com o Serviço de Segurança contra Incêndio de sua região.

9 – Como consultar e acompanhar o andamento da minha solicitação

Para verificar o progresso da sua solicitação, acesse a aba “Consulta” e selecione “Solicitações”. O sistema apresentará todas as solicitações associadas ao seu login. É importante ressaltar que cada solicitação tem um proprietário designado no sistema Via Fácil Bombeiros, o que significa que apenas o solicitante pode acompanhar o progresso da sua solicitação no sistema. Caso necessite de informações adicionais sobre o Projeto Técnico que não estejam disponíveis, entre em contato com o Serviço de Segurança contra Incêndio da sua região.

Se você realizou o pagamento da taxa, mas o sistema indica que a solicitação ainda está aguardando pagamento, é provável que a atualização do status para “aguardando documentação” ou “em vistoria” ocorra apenas no dia seguinte à compensação bancária. No entanto, pode haver atrasos caso ocorram problemas no sistema bancário.

Antes de mais nada, verifique junto ao seu banco se a compensação bancária foi efetivamente realizada ou se o pagamento foi agendado para uma compensação futura. Se passarem 48 horas após a compensação bancária e o status da solicitação não for atualizado, dirija-se ao Serviço Técnico do Corpo de Bombeiros da sua região. Leve consigo o comprovante de pagamento para que a baixa do pagamento seja efetuada manualmente.

10- Paguei o emolumento, mas o sistema informa que a solicitação está aguardando pagamento.

Após efetuar o pagamento da taxa, pode ocorrer que o sistema ainda indique que a solicitação está aguardando pagamento. Geralmente, a atualização do status para “aguardando documentação” ou “em vistoria” só acontece no dia seguinte à compensação bancária. Entretanto, se houver algum problema no sistema bancário, pode haver atrasos adicionais.

Para começar, verifique junto ao seu banco se o pagamento foi realmente compensado ou se foi agendado para uma data futura de compensação. Se já se passaram 48 horas desde a compensação bancária e o status da solicitação não foi atualizado, dirija-se ao Serviço Técnico do Corpo de Bombeiros da sua região. Não se esqueça de levar o comprovante de pagamento para que a baixa do pagamento possa ser efetuada manualmente.

11 – Fiz o upload de documentos e não recebi o protocolo.

Quando você realiza o upload de documentos e não recebe o protocolo, é importante observar o procedimento específico para cada tipo de análise ou vistoria.

Para solicitações que envolvem análise técnica e exigem a apresentação de plantas de proteção contra incêndio e outros documentos, é necessário comparecer pessoalmente ao Corpo de Bombeiros da sua região. Lá, você poderá entregar os documentos e receber o protocolo no balcão.

Já para vistorias de Planos de Proteção Contra Incêndio (PTS) e de Projetos Técnicos (PT), o solicitante deve ter em mãos a documentação necessária no momento da vistoria, para entregá-la diretamente ao vistoriador no local da edificação.

É importante ressaltar que o sistema só permite a entrega de documentos para solicitações que estejam na situação de “aguardando documentação”, ou seja, após o processamento do pagamento realizado pelo sistema. Certifique-se de acompanhar o status da sua solicitação para saber quando será possível entregar os documentos necessários.

12- O que significa a situação “aguardando documentação”?

A situação “aguardando documentação” indica que a solicitação está aguardando a entrega dos documentos necessários para dar continuidade ao processo de análise ou vistoria.

Para solicitações que envolvem análise técnica, comissão técnica e FAT (Ficha de Análise Técnica) que exigem a apresentação de plantas de proteção contra incêndio e outros documentos, o usuário deve comparecer ao Corpo de Bombeiros da sua região. Lá, poderá entregar os documentos e receber o protocolo no balcão.

Já para vistorias de Planos de Proteção Contra Incêndio (PTS) e de Projetos Técnicos (PT), o solicitante deve ter em mãos a documentação necessária no momento da vistoria, para entregá-la diretamente ao vistoriador no local da edificação.

É importante destacar que mesmo que uma vistoria seja aprovada, ela pode permanecer na situação “aguardando documentação” até que todos os documentos exigidos sejam entregues ao Corpo de Bombeiros.

Em ambos os casos, é fundamental que o usuário compareça ao Serviço de Segurança contra Incêndio da sua região para entregar os documentos necessários ao Corpo de Bombeiros e dar continuidade ao processo.

13- Esqueci de imprimir o boleto para pagamento ou o protocolo da solicitação.

Se você esqueceu de imprimir o boleto para pagamento ou o protocolo da sua solicitação, é possível reimprimi-los no sistema Via Fácil Bombeiros.

Para isso, acesse a aba “Consulta” do sistema e clique no link correspondente para reimprimir o boleto ou o protocolo da sua solicitação.

Se o boleto estiver vencido, não se preocupe. Você ainda pode reemitir o boleto utilizando o número da solicitação. Basta acessar a aba “Reemitir Boleto” e seguir as instruções para obter um novo boleto.

Dessa forma, você poderá garantir que o pagamento seja realizado dentro do prazo e que tenha acesso ao protocolo da sua solicitação para acompanhamento.

14- Posso solicitar a renovação de AVCB antigo emitido antes do Via Fácil Bombeiros?

Você pode solicitar a renovação do AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) para Projeto Técnico e Projeto Técnico Simplificado, mesmo que tenham sido emitidos antes da implementação do sistema Via Fácil Bombeiros, ou mesmo se foram emitidos através desse sistema.

Para iniciar o processo de renovação, você precisa inserir o número do Projeto Técnico no campo designado para “1º Vistoria/Renovação”. Como esse número pertence a um projeto antigo, o sistema não o reconhecerá automaticamente e exibirá uma mensagem indicando que não foi localizado.

Nesse momento, basta clicar em “prosseguir” e então você poderá cadastrar os dados do seu Projeto antigo para dar continuidade ao processo de renovação do AVCB. Essa abordagem permite que você atualize e renove seu AVCB de acordo com os requisitos atuais, independentemente da data de emissão do documento anterior.

15- O que significa a situação “em homologação”?

A situação “em homologação” indica que a solicitação foi avaliada, mas ainda está aguardando a homologação pelo chefe da seção do serviço técnico da sua região. É esse chefe que tem a responsabilidade de autorizar a divulgação da resposta ou a emissão do AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros). Em alguns casos, o chefe da seção pode optar por devolver a solicitação para o vistoriante ou analista, caso seja necessária alguma correção ou ajuste antes da homologação final.

16- O que significa a situação “comunicada”?
Significa que foram constatadas irregularidades na análise do Projeto Técnico ou na vistoria da edificação.
A situação “comunicada” indica que foram identificadas irregularidades durante a análise do Projeto Técnico ou durante a vistoria da edificação. Para prosseguir com o processo, o usuário precisa corrigir essas irregularidades e só então solicitar o retorno da análise ou da vistoria. É importante lembrar que o pagamento do emolumento permite apenas um determinado número de tentativas, então é crucial resolver as irregularidades dentro desse limite.

17- Solicitei o retorno de análise ou de vistoria, mas o sistema está gerando boleto.
O emolumento pago permite apenas 01 (um) retorno de vistoria. Quanto à análise, permite quantos retornos forem necessários até o período de 02 (dois) anos.

Se você solicitou o retorno de análise ou vistoria, mas o sistema está gerando um novo boleto, é importante observar as condições relacionadas ao emolumento pago.

O emolumento pago permite apenas um retorno de vistoria. Quanto à análise, o sistema permite quantos retornos forem necessários dentro do período de dois anos.

Se o sistema estiver gerando erroneamente um novo boleto de cobrança, você deve comparecer ao Serviço Técnico do Corpo de Bombeiros da sua região. Leve consigo o comprovante bancário do pagamento anterior para que a baixa seja efetuada manualmente no sistema, garantindo que você não seja cobrado indevidamente por um novo retorno de vistoria.

18 – O que é vistoria parcial?
Conforme itens 6.1.13 a 6.1.15 da ITCB nº 01/2011 – Procedimentos administrativos, é permita a vistoria para áreas parcialmente construídas, apenas nos casos em que haja isolamento de risco previstos na IT 07/11 – Separação entre edificações, ou nas áreas em construção que estejam protegidas, conforme a tabela 6M.4 do Decreto Estadual nº 56.819/2011.

A vistoria parcial é uma inspeção realizada apenas em partes específicas de uma edificação, conforme definido nos itens 6.1.13 a 6.1.15 da ITCB nº 01/2011 – Procedimentos administrativos.

Essa modalidade de vistoria é permitida em casos onde há áreas parcialmente construídas, desde que haja isolamento de risco conforme previsto na IT 07/11 – Separação entre edificações, ou nas áreas em construção que estejam devidamente protegidas, conforme estabelecido na tabela 6M.4 do Decreto Estadual nº 56.819/2011.

O pagamento do emolumento para áreas parcialmente construídas corresponde à área solicitada, sendo importante ressaltar que não é permitida a vistoria parcial para Planos de Proteção Contra Incêndio (PTS).

Em caso de dúvida ou para evitar problemas relacionados à comunicação da vistoria e ao pagamento de novos emolumentos, é recomendado que o interessado consulte o Serviço de Segurança contra Incêndio para verificar a possibilidade de solicitar uma vistoria parcial da edificação, possivelmente por meio de uma Ficha de Análise Técnica (FAT).

19- Como obter o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) ou CLCB (Certificado de Licença do Corpo de Bombeiros) solicitado pelo Sistema Via Fácil Bombeiros?
O AVCB solicitado pelo sistema Via Fácil Bombeiros pode ser impresso pelo próprio solicitante, não sendo necessário comparecer às unidades do Corpo de Bombeiros para retirar o documento. Para tanto, clique na situação “aprovada com AVCB emitido”.

Para obter o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) ou CLCB (Certificado de Licença do Corpo de Bombeiros) solicitado através do Sistema Via Fácil Bombeiros, siga estas orientações:

  1. Após a aprovação do AVCB, você pode imprimir o documento diretamente pelo sistema Via Fácil Bombeiros. Não é necessário comparecer pessoalmente às unidades do Corpo de Bombeiros para retirar o documento físico.
  2. Para fazer isso, acesse o sistema e localize a situação “aprovada com AVCB emitido”. Clique nessa situação para acessar o AVCB e, em seguida, siga as instruções para imprimi-lo.
  3. É importante ressaltar que a validade e autenticidade do AVCB podem ser consultadas por qualquer pessoa ou órgão público. Você pode realizar essa consulta no site oficial do Corpo de Bombeiros, acessando o link “consulta validade/autenticidade do AVCB”.

Seguindo esses passos, você poderá obter e verificar o AVCB ou CLCB de forma simples e eficiente, diretamente pelo sistema Via Fácil Bombeiros.

19.1- Todos os Projetos Antigos estão sendo renumerados pelo sistema?

Sim, a partir de 2014, todos os Projetos Técnicos serão renumerados pelo sistema Via Fácil Bombeiros. Os números antigos receberão um novo número “padrão” do sistema. A partir desse momento, o novo número deve ser utilizado para todos os fins, incluindo retornos e consultas.

O número antigo será automaticamente registrado em um campo específico do formulário de segurança contra incêndio, garantindo a rastreabilidade e a referência ao projeto original.

20- Todos os Projetos Técnicos são encaminhados para análise em São Paulo?

Sim, todos os Projetos Técnicos são encaminhados para análise em São Paulo. Isso ocorre como parte de uma iniciativa para padronizar a análise de todos os Projetos Técnicos em todo o Estado e otimizar o efetivo das seções técnicas.

Foi estabelecida uma Divisão de Análise Centralizada, que tem a responsabilidade de analisar todos os Projetos Técnicos protocolados no Corpo de Bombeiros, exceto os Projetos Técnicos para eventos temporários. Essa centralização visa garantir uma abordagem consistente e eficiente na análise de todos os projetos submetidos ao Corpo de Bombeiros.

21- O que significa a situação “aprovado, comunicado ou analisado – Disponível para a Unidade”?
A situação “aprovado, comunicado ou analisado – Disponível para a Unidade” indica que o Projeto Técnico foi analisado pela Divisão de Análise Centralizada e está disponível para ser retirado pela unidade de origem. Nesse estágio, o Projeto ainda não pode ser retirado pelo interessado, e o processo não está liberado para novas solicitações, como retorno de análise ou vistoria.

22- O que significa a situação “aprovado, comunicado ou analisado – Disponível para o Interessado”?
A situação “aprovado, comunicado ou analisado – Disponível para o Interessado” indica que o Projeto Técnico está disponível para ser retirado pelo interessado. Nesse estágio, o processo já está liberado para novas solicitações, como retorno de análise ou vistoria.

23- O que é Certificado de Licença do Corpo de Bombeiros (CLCB)?

O Certificado de Licença do Corpo de Bombeiros (CLCB) é uma forma de licença emitida pelo Corpo de Bombeiros para edificações classificadas como tendo baixo potencial de risco à vida e ao patrimônio. Ele substitui o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) para todos os fins.

O CLCB foi instituído pela Instrução Técnica nº 42, de 08 de maio de 2014. Essa medida foi tomada para simplificar o processo de obtenção de licença para edificações consideradas de baixo risco, proporcionando uma alternativa ao AVCB, que é mais adequado para edificações com maior potencial de risco.

24- Como verifico a autenticidade do documento AVCB e do CLCB?

Para verificar a autenticidade do novo modelo do AVCB e do CLCB, siga estas orientações:

  1. Acesse o Portal Via Fácil Bombeiros e vá para a seção de “Pesquisa Pública”.
  2. Digite o número da Licença do AVCB ou do CLCB que deseja verificar.
  3. Alternativamente, você pode usar o “QR Code” localizado na parte inferior esquerda do documento.
  4. Para ler o “QR Code”, baixe e instale o aplicativo “Bombeiro SP” em seu dispositivo móvel. Este aplicativo está disponível gratuitamente para várias plataformas operacionais.
  5. Ao usar o aplicativo, escaneie o “QR Code” e verifique se os dados correspondem aos detalhes presentes no corpo do documento.
  6. É importante observar que o serviço de autenticação funciona exclusivamente com o aplicativo “Bombeiro SP” devido à sua conexão com a base de dados do sistema Via Fácil Bombeiros. Outros leitores de “QR Code” não fornecerão acesso aos dados do sistema.

Seguindo esses passos, você poderá verificar facilmente a autenticidade do AVCB ou do CLCB emitido pelo Corpo de Bombeiros.

25- É obrigatória a apresentação de ART/RRT para Projeto Técnico Simplificado?

Sim, conforme a nova Instrução Técnica nº 42/2014, é obrigatória a apresentação de ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) ou RRT (Registro de Responsabilidade Técnica) também para Projetos Técnicos Simplificados, independentemente se estão sendo regularizados por meio de AVCB ou de CLCB.

A única exceção a essa regra são as edificações com até 200m² de área construída, térreas e que possuam saída direta dos ocupantes para a via pública. Para esses casos específicos, a apresentação da ART/RRT não é obrigatória.

26- Como a minha solicitação de vistoria de Projeto Técnico Simplificado é classificada como um caso de emissão de CLCB?

A classificação da sua solicitação de vistoria de Projeto Técnico Simplificado como um caso de emissão de CLCB (Certificado de Licença do Corpo de Bombeiros) é feita automaticamente pelo sistema Via Fácil Bombeiros. Isso ocorre com base nas informações e respostas inseridas na aplicação, seguindo as condições estabelecidas na nova Instrução Técnica nº 42/2014.

É importante destacar que essa classificação é excludente, o que significa que se a sua solicitação for enquadrada como um caso de emissão de CLCB, não será possível emitir um AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) para o mesmo projeto.

27- Fui enquadrado como CLCB, mas não consigo visualizar o Protocolo?

Após ser enquadrado como CLCB pelo sistema, é necessário seguir alguns passos para poder visualizar o Protocolo:

  1. Recolha os emolumentos obrigatórios conforme orientado pelo sistema.
  2. Faça o upload da documentação obrigatória conforme especificado.
  3. O sistema só irá gerar o protocolo quando ele reconhecer eletronicamente o pagamento, o que geralmente ocorre no dia seguinte à data do pagamento, e quando os documentos obrigatórios forem devidamente encaminhados por upload.
  4. Após realizar essas etapas, você poderá visualizar o protocolo clicando no link “gerar protocolo”.

Seguindo esses passos, você poderá acessar o protocolo da sua solicitação de CLCB no sistema Via Fácil Bombeiros.

28- Fui enquadrado como CLCB, mas não consigo visualizar o Certificado de Licença?

Se você foi enquadrado como CLCB, mas ainda não consegue visualizar o Certificado de Licença, aqui está o procedimento:

De acordo com a Portaria CCB nº 018/600/16, de 19 de agosto de 2016, os protocolos de CLCB têm um prazo de até 7 dias corridos para que o Corpo de Bombeiros analise a documentação antes de emitir a licença. Durante esse período, o sistema controla e emite automaticamente o CLCB, a menos que, dentro desse prazo, haja comunicação sobre a documentação ou a necessidade de vistoria.

Se houver comunicação sobre a documentação, o usuário deve fazer o upload dos documentos solicitados. Se a vistoria for comunicada, o interessado deve solicitar o retorno da vistoria. Após o upload da documentação ou o pedido de retorno da vistoria, o CLCB é devolvido ao Corpo de Bombeiros para conferência, contando mais 7 dias para análise.

Portanto, é importante aguardar o prazo necessário para que o Corpo de Bombeiros conclua a análise e emita o Certificado de Licença. Se após esse período o certificado ainda não estiver disponível, é recomendável entrar em contato com o Corpo de Bombeiros para obter informações adicionais sobre o status da sua solicitação.

29- Após a obtenção do protocolo do CLCB, como faço para visualizar o meu Certificado de Licença?

Após obter o protocolo do CLCB, o Certificado de Licença será emitido automaticamente pelo sistema, a menos que, dentro do prazo de 7 dias corridos a partir da data do protocolo, ocorra alguma comunicação sobre a documentação ou a necessidade de vistoria.

Se houver comunicação sobre a documentação, você deverá fazer o upload dos documentos solicitados no sistema. Se a comunicação for relacionada à vistoria, será necessário solicitar o retorno da vistoria.

Após realizar o upload da documentação ou solicitar o retorno da vistoria, o CLCB será encaminhado novamente ao Corpo de Bombeiros para conferência, o que pode levar mais 7 dias.

Portanto, para visualizar o seu Certificado de Licença após obter o protocolo do CLCB, é importante acompanhar o status da sua solicitação no sistema Via Fácil Bombeiros e aguardar a conclusão do processo de análise pelo Corpo de Bombeiros. Uma vez concluída a análise e emitido o Certificado de Licença, ele estará disponível para visualização no sistema.

30- Com o CLCB não haverá vistoria do Corpo de Bombeiros na edificação?

Com o CLCB, não necessariamente haverá uma vistoria do Corpo de Bombeiros na edificação. O CLCB pode ser emitido previamente à realização da vistoria para edificações que são classificadas como tendo baixo potencial de risco à vida e à saúde.

No entanto, é importante destacar que o Corpo de Bombeiros reserva o direito de orientar o solicitante, através do seu login no sistema, para possíveis correções na documentação apresentada. Além disso, o Corpo de Bombeiros também pode realizar vistorias na edificação sem aviso prévio.

Caso as orientações fornecidas não sejam cumpridas ou se a edificação estiver em situação irregular, o CLCB pode ser cassado pelo Corpo de Bombeiros. Portanto, mesmo após a emissão do CLCB, é importante manter a conformidade com as normas e regulamentos de segurança contra incêndios.

31- Como faço para trocar os dados do meu CLCB emitido?

Se você precisa atualizar ou corrigir os dados do seu CLCB emitido e percebeu que as informações não estão corretas, infelizmente, não é possível simplesmente trocar os dados do CLCB emitido.

Nesse caso, será necessário fazer uma nova solicitação de vistoria de Projeto Técnico Simplificado através do sistema. Ao submeter uma nova solicitação, certifique-se de inserir as informações corretas e atualizadas para garantir que o CLCB emitido reflita precisamente a situação da sua edificação.

Portanto, para corrigir qualquer erro ou atualizar as informações do CLCB, é necessário iniciar um novo processo de solicitação de vistoria pelo sistema.

32- Como faço para renovar o meu CLCB emitido?

Para renovar o seu Certificado de Licença do Corpo de Bombeiros (CLCB) emitido, você precisará seguir alguns passos:

  1. Verifique a validade do seu CLCB: Primeiro, verifique a data de vencimento do seu CLCB atual. Geralmente, o CLCB tem validade de 1 a 5 anos, dependendo das regulamentações locais.
  2. Inicie o processo de renovação: Antes do vencimento do seu CLCB, inicie o processo de renovação. Isso pode ser feito através do sistema Via Fácil Bombeiros ou do órgão responsável em sua região.
  3. Preencha os formulários necessários: Preencha os formulários de renovação com as informações atualizadas sobre a sua edificação. Certifique-se de incluir quaisquer alterações relevantes desde a emissão do CLCB anterior.
  4. Atualize a documentação: Se houver alguma documentação adicional necessária para a renovação do CLCB, certifique-se de fornecê-la de acordo com as exigências do órgão competente.
  5. Pague as taxas de renovação: Geralmente, há taxas associadas à renovação do CLCB. Certifique-se de pagar essas taxas dentro do prazo especificado.
  6. Aguarde a aprovação: Após enviar todos os documentos e pagar as taxas necessárias, aguarde a aprovação do seu pedido de renovação. Isso pode levar alguns dias ou semanas, dependendo do órgão competente e do volume de solicitações.
  7. Receba o novo CLCB: Uma vez aprovada a renovação, você receberá o novo CLCB com uma nova data de validade.

Certifique-se de iniciar o processo de renovação com antecedência suficiente para evitar qualquer interrupção nas operações da sua edificação devido à expiração do CLCB.

33- Tenho uma dúvida técnica, mas não tenho projeto, como faço para esclarecer?

Se você tem uma dúvida técnica e não possui um projeto específico, você pode esclarecê-la através do serviço de EDT (Esclarecimento e Dúvidas Técnicas), disponível na aba “Solicitações” do Portal do Via Fácil Bombeiros.

Para acessar esse serviço, siga estas etapas:

  1. Acesse o Portal do Via Fácil Bombeiros.
  2. Navegue até a aba “Solicitações”.
  3. Procure pelo serviço de Esclarecimento e Dúvidas Técnicas (EDT).
  4. Clique no serviço e siga as instruções para enviar sua pergunta ou dúvida técnica.

Ao utilizar o serviço de EDT, você poderá obter informações sobre a existência de projetos técnicos no Corpo de Bombeiros e esclarecer qualquer outra dúvida técnica que possa ter.

34- Preciso corrigir os dados de meu AVCB, mas o mesmo foi emitido fora do sistema Via Fácil Bombeiros, como faço para solicitar a alteração?
A correção deve ser solicitada mediante FAT (Formulário de Atendimento Técnico), disponível na aba “Solicitações” do Portal do Via Fácil Bombeiros. Após a resposta do FAT, o interessado deverá entrar com pedido de vistoria no sistema, devendo comparecer ao Corpo de Bombeiros para que seja dispensado do pagamento e dado andamento no processo, para que o AVCB possa ser emitido pelo sistema.

Se você precisa corrigir os dados do seu AVCB, mas ele foi emitido fora do sistema Via Fácil Bombeiros, você pode seguir estas etapas para solicitar a alteração:

  1. Acesse o Portal do Via Fácil Bombeiros.
  2. Navegue até a aba “Solicitações”.
  3. Procure pelo formulário de Atendimento Técnico (FAT).
  4. Preencha o FAT com as informações necessárias sobre as correções que precisam ser feitas nos dados do seu AVCB.
  5. Após enviar o FAT, aguarde a resposta do Corpo de Bombeiros.
  6. Quando receber a resposta do FAT, você deverá entrar com um pedido de vistoria no sistema.
  7. Compareça ao Corpo de Bombeiros para que seja dispensado do pagamento e para dar andamento ao processo de correção dos dados do seu AVCB.
  8. Após a realização da vistoria e a confirmação das correções, o AVCB será emitido pelo sistema.

Certifique-se de seguir todas as instruções fornecidas pelo Corpo de Bombeiros durante o processo de correção dos dados do seu AVCB.

AVCB Rápido e Garantido

Atendemos o AVCB Corporativo, e garantimos o menor PREÇO! Qualidade e Preço é aqui!

brigada de incendio nr DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO Jaraguá

+

Anos de Experiência

  • AVCB - Preço e Qualidade!
  • AVCB - Rápido e Garantido!
  • DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO
  • AVCB Menor Preço do Mercado Jaraguá
  • ART INSTALAÇÃO ELÉTRICA
  • DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO
  • INTEGRAÇÃO DE IOTS MITIGAÇÃO DE RISCOS
  • PRESSURIZAÇÃO DAS ESCADAS
  • COMPARTIMENTAÇÃO SHAFT E FACHADA
  • INSPEÇÕES PROGRAMADAS
  • CONTROLE DE MATERIAL DE ACABAMENTO E REVESTIMENTO (CMAR)
  • Treinamento de Brigada Santos
  • Treinamento de Brigada
  • ART INSTALAÇÃO ELÉTRICA
  • ANOTAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA (ART) Santos
  • Treinamento de Brigada
  • AVCB
  • HIDRANTES E MANGOTINHOS
  • INSPEÇÕES REMOTAS
  • Consultoria em Segurança Contra Incêndio
  • AUTO DE VISTORIA DO CORPO DE BOMBEIROS - AVCB
  • HIDRANTES E MANGOTINHOS
  • CLCB
  • ARMAZENAMENTO E GESTÃO DE PRAZOS
Soluções Teo Costa Safety Solução Completa - Tecnologia & Engenharia: Segurança Contra Incêndios

Tecnologia & Engenharia

Testemunhal de Clientes Segurança Contra Incêndio Testemunhal de Clientes Segurança Contra Incêndio

O que os Clientes falam sobre Nós?

Consultoria em Segurança Contra Incêndio?

Ligue Agora Mesmo!
(11) 9.1356-0000
AVCB e CLCB aqui na Safety Téo Costa
AVCB e CLCB aqui na Safety Téo Costa
AVCB e CLCB aqui na Safety Téo Costa
AVCB e CLCB aqui na Safety Téo Costa
Logo Teo Costa Safety
ir ao topo